Angel Vianna

18 set Angel Vianna

Da expressão corporal aos jogos corporais e a conscientização no movimento da dança contemporânea

Artigo escrito para a Revista Repertório de Arte da UFBA que presta homenagem em sua 31. edição para a bailarina e Mestra da Dança Angel Vianna.

Leia o artigo completo neste link

https://portalseer.ufba.br/index.php/revteatro/issue/view/1685

Resumo

O presente artigo traz um perfil de Angel Vianna (bailarina, coreógrafa, pesquisadora e doutora em dança pela UFBA), visando demonstrar como ela aprofundou seu conhecimento na arte da dança a partir da necessidade de pensar a corporeidade através de um olhar mais sensível em relação a sua organicidade e singularidade expressiva. Revela ainda como seu processo artístico-pedagógico foi sempre embasado na interdisciplinaridade desde seu início nos anos de 1950 (em parceria de seu companheiro de vida e de arte Klauss Vianna), atravessando os anos de 1970 com a emergência da Expressão Corporal até chegar na atualidade onde ela se permitiu o convívio profícuo com as diversas práticas somáticas. Neste sentido, ressalta-se a itinerância que a levou a circular entre várias cidades do Brasil e do exterior, em busca do alinhamento entre sua filosofia de vida e sua prática artística alicerçada na consciência crítica que diz respeito aos campos da formação e da criação reverberando na Estética de uma Dança Contemporânea Brasileira.

Por Ana Vitória Freire

Palavras-chave

Dança e Corporeidade. Práticas Somáticas e Autoconhecimento. Dança e Inclusão. Arte e Educação.

Abstract

Angel Vianna – from body expression to physical games and the awareness of movement in contemporary dance

This paper presents a profile from Angel Vianna (dancer, choreographer, researcher and Doctor in Dance at UFBA), willing to demonstrate how she have deepened her knowledge in dancing through her need of exploring corporeality per a most sensitive sight related to its organic and singular expressiveness. It also reveals wherewith her artistic-pedagogic process was always based in interdisciplinarity since her beginning in the 1950’s (together with her life and artistic partner Klauss Vianna), throughout the 1970’s as the Body Expression emerges, up to the current days when she allowed herself the proficuous interaction with varied somatic techniques. For that matter, her itinerancy is reinforced as a medium that took her to many brazilian and foreign cities in the search to align her life philosophy with her artistic praxis based in the critic awareness about the educational and creation fields, which reverberate in the Brazilian Contemporary Dance Aesthetics.

By Ana Vitória Freire

Keywords

Dance and Corporeality. Somatic Techniques and Self Awareness. Dance and Inclusion. Art and Education.


Bailarina e coreógrafa baiana, Doutora em Artes Cênicas pela UNIRIO (2015) na linha de performances do corpo. Coordenadora da Pós-Graduação em Preparação Corporal para as Artes Cênicas da FAV e professora da Faculdade Angel Vianna (2001). Coreógrafa premiada; APCA-1997, Mambembe-1998 e Rio Dança-1999. Há 26 anos Ana Vitória vem desenvolvendo e aprofundando sua pesquisa artístico/pedagógica de criação a partir da memória e autobiografia, apoiada nos Estudos da Performance. Seu sistema investigativo – (Re) Aprendizagens Afetivas − posiciona-se no entrelaçamento entre vida e arte e ação poético-performativa. Este é o tema da sua tese que será lançada em livro no ano de 2019.

angel-vianna-p.214

REVISTA REPERTÓRIO | 2018

Bailarina, coreógrafa, pesquisadora e mestra da dança, compreende a organicidade, a singularidade expressiva e a necessidade de um corpo mais sensível, chega até os dias atuais com as interdisciplinaridades das diversas práticas somáticas. Angel Vianna, foi a entrevistada da secção Persona da Repertorio n. 31, confira:

https://portalseer.ufba.br/index.php/revteatro/issue/view/1685